AS DIMENSÕES DA COMUNICAÇÃO SEGUNDO GARDNER

AS DIMENSÕES DA COMUNICAÇÃO SEGUNDO GARDNER

por: Guilherme Armando Contrucci

Os testes tradicionais de inteligência sempre levaram em consideração as inteligências verbal e a lógica/matemática. Howard Gardner desenvolveu, na década de 80, uma nova teoria conhecida como teoria das inteligências múltiplas.

Ele classificou as inteligências humanas em sete tipos diferentes, a saber:

  • Inteligência Linguística – Linguistic Intelligence
  • Inteligência Musical – Musical Intelligence
  • Inteligência Lógica/Matemática – Logical-Mathematical Intelligence
  • Inteligência Visual/Espacial – Spatial Intelligence
  • Inteligência Corporal/Cinestésica – Bodily-Kinesthetic Intelligence
  • Inteligência Interpessoal – Interpersonal Intelligence
  • Inteligência Intrapessoal – Intrapersonal Intelligence

Desde a edição do famoso Estruturas da Mente, em 1983, Gardner propôs duas novas dimensões de inteligência: a inteligência naturalista (naturalist) e a inteligência existencialista (existentialist), subindo de sete para nove tipos de inteligência humana.

Costumo dizer que, dentre as nove dimensões da inteligência humana, duas delas se destacam quando o tema é a comunicação. As inteligências intrapessoais e interpessoais tem grande relevância no sentido de serem instrumentos utilizados pelo homem na busca de seus objetivos e metas.

Considerando que a inteligência intrapessoal é exercida ininterruptamente, uma vez que esse tipo de inteligência é aquela na qual o interlocutor fala consigo mesmo (verbalizando ou apenas pensando), não a relaciono como um tema a ser estudado no campo da comunicação, melhor dizendo, não há técnicas e estudos em oratória para que consigamos falar conosco mesmos; a comunicação é intuitiva e inerente ao Ser humano. Vale ressaltar que, ter pensamentos positivos, otimistas e prazerosos, é uma forma de se ter mais equilíbrio e assim poder alcançar  os objetivos e metas de vida.

Portanto, no campo da comunicação, a inteligência interpessoal é tema de muitos estudos, pesquisas e artigos científicos tal  sua relevância para o desenvolvimento e crescimento do homem e da sociedade como um todo. Sem falar do mundo dos negócios onde cada vez mais se faz necessário o exercício da comunicação assertiva, de modo que clientes e fornecedores alcancem seus objetivos pessoais e empresariais.

A comunicação interpessoal é aquela em que o indivíduo apresenta, com um simples “abrir a boca e falar”, o seu poder pessoal. Quem o tem, basta iniciar a comunicação que ele se torna visível e respeitado. Quem não o tem, não pode expressá-lo. Concluo que o poder pessoal está diretamente ligado ao poder de comunicação do indivíduo.

Podemos observar que essa constatação é valida: O melhor médico não é aquele que conhece melhor a medicina, mas é aquele que se relaciona melhor. Isto se dá em todas as profissões. Vemos professores doutores que, apesar do grande conhecimento da matéria, não conseguem se expressar ou se comunicar tão bem quanto o seu conhecimento adquirido. Por outro lado, docentes com grande capacidade de expressão, tendem a ser melhor reconhecidos.

No próximo artigo, vou falar sobre as técnicas ou maneiras que você pode utilizar para que a sua comunicação interpessoal seja cada vez melhor.

Até lá e um abraço!

2 respostas para “AS DIMENSÕES DA COMUNICAÇÃO SEGUNDO GARDNER”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *